domingo, 4 de dezembro de 2016

Amesterdão: checked!


Esta semana, devem ter reparado alguma ausência minha pelos vossos blogs e também pelos meus treinos. Passo a explicar. Fomos, eu e o marido, passar a semaninha até Amesterdão. Uma espécie de lua-de-mel, mas que, entre museus, sapatos de madeira, tulipas e MUITAS bicicletas, me impediu de vos visitar (isso e o facto de o hotel não ter Wi-Fi grátis e eu não sou menina de pagar por essas modernices!). A espaços raros (leia-se, nos museus) lá fui tendo Internet para saber notícias do meu país, mas pouco mais do que isso! 
Fui cheia de vontade de fazer agachamentos e abdominais todas as noites, mas confesso que entre sair do hotel às 08h30 todos os dias e voltar lá para as 22h e a correria de ver tudo a que me tinha proposto (sucesso! Conseguimos ver todos os que queríamos!), a vontade foi nenhuma. Chegámos todos os dias ao hotel KO, mas acho que o que andámos e o pouco que comemos acabou por compensar a coisa... Pelo menos, espero que amanhã a balança assim o confirme, caramba!

E agora: Amesterdão! Que tal foi? Muito frio, pois claro. Houve alturas em que tivemos, literalmente, a cara congelada... Não conseguíamos sequer falar de tão gelada que estava a face. Mas depois olhávamos para os canais, para a arquitectura... e a realidade é que o frio se aguentou muito bem! Estava à espera de bem pior, mas todos os dias, assim que chegava ao primeiro museu, lá tinha que ir a uma casa de banho despir a camisola interior. Prova de frio superada!

O que mal ia sendo superado era o raio das bicicletas! Oh terra com tanta bicicleta! Várias vezes fui sendo atropelada por uma bicla. Esquecia-me que elas existiam e que até tinham o seu próprio corredor nas ruas, o que é que querem? Ouvi o que me pareceram ser muitos palavrões em neerlandês! Ou podia ser só um "Cuidado aí, menina!", não sei. A realidade é que é uma língua muito bruta! 

Em relação a disparates calóricos, como já vos disse andámos sempre a correr de um lado para o outro. O almoço foi todos os dias sandes, e sempre a andar entre museus. Por isso, em teoria, estávamos a queimar as calorias enquanto as ingeríamos. Genial, certo?

Claro que tive momentos em que me esqueci do meu PT- falante, e sucumbi à tentação... (acho que o PT-falante deve ter falado comigo em neerlandês, lá está. Não o entendi =P). O único dia em que não jantámos latas de atum levadas de Portugal, fomos a um restaurante que será agora, provavelmente, o meu preferido do mundo, e não por causa da comida! Chama-se Moeders (ou seja, Mães) e é um altar a todas as mães, com comida caseira que, de tão suculenta e farta nos aconchegou o estômago (quase) como a comida da mãe. A decoração é um mimo: molduras e molduras e mais molduras de mães cujos filhos levaram para o restaurante em jeito de homenagem. Foi o que fiz com a minha. Levei-a comigo numa fotografia emoldurada (na realidade é uma fotografia das duas no dia em que eu nasci) e, não só jantei com a moldura na mesa, como lhe enviei uma fotografia dessa mesma mesa "composta" e ainda deixei a moldura lá! A dona do restaurante achou tão ternurenta a fotografia que a deixou em local de destaque, logo à entrada! No dia a seguir voltámos a passar pelo restaurante, e ainda lá estava no mesmo sítio. Ou seja, quer-me parecer que não será "fogo-de-vista" o local escolhido para a minha moldura! Acho delicioso eu e a minha mãe termos "ficado" em Amesterdão...

Além do prato local que comemos no Moeders (hollandse stamppot), a realidade é que gosto muito de conhecer a doçaria dos locais onde vou. Provámos um assim muito cor-de-rosa e muito maravilhoso e, no último dia, foi mesmo a cereja no topo do bolo: fomos lanchar à De Taart Van M'n Tante que será, seguramente, a pastelaria mais querida do mundo. Adorei tudo, a decoração, o espaço, as funcionárias, as clientes, o cappuccino e... OS BOLOS! Desculpa lá, dieta, mas desta vez teve que ser. Eu nem sei a maravilha que me passou pelo esófago a caminho das ancas (era tanta a oferta que acabámos por escolher um pouco ao calhas pois tudo tinha bom ar!), só sei que era maravilhosa! 

Sem dúvida, Amesterdão deixa saudades. Mesmo com o frio e com as bicicletas, e com o facto de às cinco da tarde estar escuridão total, adorei a cidade e quero muito lá voltar.

Agora deixo-vos algumas fotografias, que escrever é muito bonito, mas imagens sempre embelezam mais o blogue!

Catarina

Estive para não ir a este museu, mas só para ver este quadro ao vivo valeu TANTO a pena... Rijksmuseum e "A Ronda Noturna" de Rembrandt

Muitas tentações a que eu podia ter vacilado, mas mesmo assim portei-me bem!

Muitas (muitas mesmo!) luvas perdidas pelas ruas de Amesterdão!

Esta arquitectura...

Uma língua bruta!

Fomos até ao outro lado e esta é a vista do barco da Estação Central... maravilhosa... 

Anda uma pessoa a fazer dieta para depois ir de férias para um sítio geladinho e ter que andar vestida com sei lá quantas camadas de roupa! Adeus abdominais =P

O sinal avisa: cuidado com as bicicletas!

Estivemos lá em cima! No Adam Look Out! TÃO fixe!

Teve que ser... o meu souvenir! São tão fofinhas e confortáveis!

Tirada assim quando o guarda não estava a ver... Não é fácil visitar o Museu do Van Gogh!

No Kattenkabinet, ou Museu dos Gatos, foi fácil querer trazer todos para casa! Que melosos... 

Estes canais...

É uma pastelaria portuguesa? Com certeza. Numa ruazinha muito pequenina demos com pastéis de nata, croquetes, pastéis de bacalhau... e resistimos a tudo!

A jantar no Moeders <3

Descubram a moldura que lá deixei! 

Até Amesterdão o diz: Catarina, a Grande!

Frio e frio: camadas e camadas!

De Taart Van M'n Tante... que sítio maravilhoso!  
Confesso que nem me lembrei de tirar fotografia do bolo... tinha tão bom aspecto que foi do género: AO ATAQUE!



Tulipas!

Cores do mercado.

Kiwis dourados.

Caos no parque de estacionamento!

Vá, um souvenir para vocês! ;)

13 comentários:

Janny disse...

que fotos lindas :)

Girl in the Clouds disse...

Estive em Amesterdão em setembro e adorei!!

Inês Direito disse...

Cada vez tenho mais vontade de conhecer Amesterdão!
beijinhos
https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Isa Sá disse...

Não me importava de um dia poder visitar!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Isa Sá disse...

Não me importava de um dia poder visitar!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

PINTA ROXA disse...

Grande viagem...
Boa Semana

Cat disse...

Eu fui o ano passado. Amesterdão é adorável! :) Mas, por acaso, gastronomicamente falando não me perdi especialmente de amores por nada lá (o que é uma coisa tipicamente tuga: "ai que a nossa comidinha em Portugal é que é tão boa! xD )

Messy Jessy disse...

parece ter sido brutal mesmo com o frio, também tenho intenções de lá ir :)

CLAUDIA PERSI disse...

Fotos muito giras, tambem ja la estive ha uns aninhos, mas foi no verao. Adorei!
Bj do Canada
claudiapersi.blogspot.ca

Jennifer Gama disse...

Amo bicicleta deu até vontade de visitar também...

Eva Luna disse...

E para conhecer o que recomendas? Metro? Bike? Ou a pé mesmo? :)

O Biquíni Dourado disse...

Nós andámos SEMPRE a pé. Estações de metro são pouquíssimas, não contes com elas. A bicicleta acho que é confuso porque as ruas são todas muito iguais e a pessoa tem que andar sempre de mapa na mão! hahahahaha ;)

Luana disse...

ai que delicia!
espero que aproveitou bastante essa lua de mel!!!
fotos lindas!lugares incriveis!!!!!
beijos lindona

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...