terça-feira, 26 de setembro de 2017

Ir a Marrocos

Quem ler este artigo a achar que vou falar da minha viagem de 2010 a Marrocos (olha para mim armada em globetrotter) está muito enganado. 

Apesar de já quase estarmos fora de época balnear, e por este blogue até ter "temática" abiquinada, está na hora de confessar: eu faço chichi na praia, mais concretamente na água, pois claro.

Mas se não tenho problemas em confessar aqui que o faço, já dizer na praia alto e bom som que tenho de ir fazer chichi é outra história... 

Durante anos, o meu código para ir fazer chichi à água foi "Vou enviar uma frente quente", mas, convenhamos, era muito óbvio do que se tratava esse "envio".

Assim, comecei a ir a Marrocos. Ou seja, quando digo a quem está comigo na praia que "Vou a Marrocos", essa pessoa terá de saber de antemão que quer dizer que estou ptrestes a fazer chichi e a enviar um presente quente.

Portanto, se me virem na água a olhar para o horizonte, não pensem que estou a pensar na vida, a ter um momento filosófico qualquer. Eu não faço disso. 

Se me virem dentro de água, a olhar para o horizonte, devo sim estar a pensar em Marrocos, onde o chichi é quente e eu fico aliviada.


Eu numa praia em Casablanca, já a pensar onde mijar de seguida...
e com uns valentes quilos a mais...

3 comentários:

Green disse...

Eu acho que já todos nós fizemos isso, não só em crianças como também na fase adulta, mas nem toda a gente o gosta de admitir :p
Quanto a Marrocos, por acaso estou a pensar ir lá no próximo ano :)

Rô(QuerendoeAprendendo) disse...

Sim li o texto, mas não tem como nao comentar sobre a foto, que revolução hein, parabéns.

Rute Matos disse...

Eheh! "Vou a Marrocos" é muito bom 😊😊
Beijinhos

Blogdiariodeumafamilianormal.blogspot.pt

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...